Buscar
  • classicrockbrazilblog

Como o Monterey Pop Festival mudou a história da música para sempre.




Embora não haja como negar o lugar épico do festival de Woodstock na narrativa do rock and roll, o Monterey Pop Festival é aquele que realmente mudou a maneira como a cultura pop funcionava a partir de então. Em 1967, o Monterey Pop Festival representou o começo do sonho hippie.

Na verdade, os primeiros festivais de rock real, foram o Fantasy Fair e o Magic Mountain Music Festival em Marin County ( Califórnia ), e ocorreu uma semana antes do Monterey Pop Festival , de 10 a 11 de junho de 1967, com uma formação igualmente impressionante. Mas foi o festival de três dias em Monterey - que começou em 16 de junho - que realmente atraiu a imaginação do público e se tornou um catalisador para a ascensão da cultura jovem "underground". Ao mesmo tempo, notou-se que a contracultura constituía uma audiência de massa e que podia significar muito dinheiro para o negócio da música em um nível sem precedentes. O documentário de 1968 sobre o festival teve mais a ver com a incorporação dessa noção ( assista abaixo ).





O Monterey Pop foi criado por John Phillips, do Mamas and the Papas, seu produtor e chefe da gravadora, Lou Adler, o publicitário dos Beatles , Derek Taylor e o promotor Alan Pariser. A intenção era elevar o rock ao mesmo nível de respeito apreciado pelo jazz e pelo folk (ambos os gêneros já tinham seus próprios festivais em Monterey). E eles queriam fazê-lo de uma maneira maior e melhor do que alguém jamais havia feito até aquele momento.


Com o documentarista D.A. Pennebaker ( já conhecido pelo filme de Bob Dylan no cinema, Don't Look Back) e sua equipe capturando tudo, o festival se desenrolou entre os dias 16 e 18 de junho. Enquanto alguns artistas já eram estrelas ( The Mamas and the Papas, Simon & Garfunkel, Eric Burdon and the Animals, The Association, The Byrds) o festival ajudou artistas como Jimi Hendrix, Big Brother and The Holding Company, Otis Redding, Ravi Shankar e The Who, artistas cujo apelo até então estava em um nível mais cult, pelo menos nos Estados Unidos, a se mostrarem para outros gostos.




Mas, apesar de todos os nomes agora lendários que subiram ao palco em Monterey, havia muitos outros que originalmente estavam programados para estarem no Festival mas desistiram por um motivo ou outro. Bob Dylan, The Beatles, The Beach Boys, Dionne Warwick, The Kinks, e Donovan foram apenas alguns dos que acabaram perdendo a experiência do Monterey.



Assista abaixo o documentário sobre o Festival:




Woodstock pode ter alcançado um legado mais icônico e ter uma audiência com mais de quatro vezes o tamanho, mas Monterey foi onde a mágica da cena do rock dos anos 60 realmente se uniu pela primeira vez. E meio século depois, esse momento de ouro ainda brilha.






0 visualização

©2019 by Classic Rock Brazil Store. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now