Buscar
  • classicrockbrazilblog

Quarta de Disco: Pink Anderson ‎– Volume 1: Carolina Blues Man (1961 )




O músico de blues Pink Anderson não gravou muita música, mas seu nome fez história no mundo do blues.


Anderson gravou algumas músicas na década de 1920, depois várias outras nos anos 50 e início dos anos 60, e apareceu no filme "The Bluesmen" em 1963.


Seu estilo musical chamou a atenção de Johnny Cash, nos Estados Unidos, e do músico Syd Barrett, na Inglaterra. Barrett pegou emprestado o primeiro nome de Anderson e combinou com o nome de outro bluesman, o Floyd Council, criando o nome para sua banda “Pink Floyd”.




O melhor álbum de Pink Anderson é sem dúvida “Carolina Blues Man, vol. 1”.


Carolina Blues Man traz Anderson se apresentando sozinho - com sua guitarra acústica - durante uma sessão em sua casa em Spartanburg, SC. A abordagem de Anderson é totalmente criativa, assim como a atenção aos detalhes em suas inflexões vocais, alterações líricas e, talvez o detalhe mais importante, a implementação altamente sofisticada de fretwork de Anderson. Seu estilo e marca registrada incorporam uma combinação de acordes dedilhados de forma intercambiável e única.


Isso faz com que Anderson produza um som avançado e aprimorado eletronicamente, principalmente para a época. "Baby I'm Going Away" - com seus ritmos de blues ambulantes - contém vários exemplos notáveis ​​dessa técnica, assim como a introdução de "Every Day of the Week". A faixa também inclui acordes e progressões a serem incorporadas ao estilo simples da tradição do cantor de rua / minstrel, da qual Pink Anderson participou durante a primeira metade do século XX.


Podemos praticamente ouvir Anderson esboçar um sorriso ao tecer um humor árido com conotações explicitamente sexuais em sua narrativa. Os aficionados e a maioria dos estudantes do blues, inevitavelmente consideram este registro como um inestimável manual para o blues.


Escute um pouco desta obra prima:






Se você é amante do blues e ainda não conhece a obra de Anderson, sugerimos a pesquisa!

Anderson reduziu suas atividades musicais depois de um derrame na década de 1960, e morreu de um ataque cardíaco em 1974.



Bjos e Abraços!




Por Leo Martins e Rapha Falconi


21 visualizações

©2019 by Classic Rock Brazil Store. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now