Buscar
  • classicrockbrazilblog

Quarta de Disco: Stan Getz / Joao Gilberto Featuring Antonio Carlos Jobim ‎– Getz / Gilberto (1964)



Foi esse disco lançado em 1964 que imortalizou músicas famosas como "A Garota de Ipanema", "Desafinado" e "Corcovado", marcando a invasão definitiva do Jazz World pela onda da Bossa Nova pelo mundo e caindo no gosto do público em geral. Gravado em 1963 no A & R Recording Studios em Nova York e lançado pela Verve Records no ano seguinte, foi um dos LPs mais vendidos de todos os tempos, ganhando vários prêmios, incluindo o cobiçado prêmio Grammy de Melhor Álbum do Ano em 1965, primeira vez para um disco de jazz e algo que levaria outros 43 anos para ser repetido por Herbie Hancock e seu álbum "River".


A “Bossa Nova” combinava ritmos do samba brasileiro com a sofisticação harmônica e sutil do jazz cool de meados dos anos 50. “The Girl from Ipanema” (uma das muitas músicas de Antonio Carlos Jobim, que também toca piano na gravação), parece refletir a vibe sexy e insinuante de uma cultura praiana. A bossa nova interpretada por Stan Getz, João Gilberto , Astrud Gilberto, e Tom Jobim reflete o ambiente de uma noite muito tranquila em casa com vinho e bons amigos.



Stan Getz, Milton Banana, Tom Jobim, Creed Taylor, João Gilberto e Astrud Gilberto

O álbum é um verdadeiro clássico cheio de grandes nomes do Jazz e do movimento Bossa Nova no Brasil com Stan "The Sound" Getz no saxofone tenor, João Gilberto na voz e guitarra (um dos fundadores e vozes mais conhecidas da Bossa Nova) e Antonio Carlos Jobim no piano (compositor da maioria das faixas do álbum e também um dos principais fundadores da Bossa Nova). Junto com esses grandes nomes, o álbum também conta com Milton Banana na bateria (seu papel na Bossa Nova e sua contribuição para este álbum são muito importantes), Sebastião Neto no baixo e um tanto inesperadamente a voz de Astrud Gilberto que por acaso estava no estúdio com o marido João Gilberto, que sugeriu à equipe de produção, do nada, que ela cantasse em algumas das melhores canções, para sempre fazer a doce voz de Astrud conhecida no mundo, o que resultou no início de sua própria carreira internacional.





Com um material tão brilhante, não é de admirar que o álbum tenha sido um grande sucesso, mas, independentemente disso, os músicos tocam com uma graça sem esforço que é a mais completa expressão do romantismo sonhador da bossa nova já trazido aos ouvintes americanos. O próprio Getz nunca foi tão lírico, e Gilberto e Jobim tiram a sofisticação harmoniosa e rítmica das músicas com um charme caloroso e descontraído. Neste álbum as músicas tem um apelo quase universal; é um daqueles raros discos de jazz sobre os quais a elite purista e o público comprador estão em total concordância.

Um álbum muito além do essencial.



Bjos e Abraços!



Por Leo Martins e Rapha Falconi.

173 visualizações

©2019 by Classic Rock Brazil Store. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now